Os tiques nervosos são contrações involuntárias rápidas, repetitivas, de um grupo de músculos. Eles podem ocorrer na forma de:

  1. Tiques motores (movimentos corporais)
  2. Tiques fônicos ou vocais (sons)

A maioria dos tiques são suaves e freqüentes e eles não podem sequer ser perceptível para a pessoa que experimenta-los ou para os outros.No entanto, alguns tiques podem ser freqüentes e graves. Entre as formas de Tiques mais conhecidas está a Síndrome de Gilles de La Tourette que  apresenta como comorbidades os Transtornos de Atenção e Hiperatividade - TDAH e os Transtornos Obsessivos Compulsivos - TOC.

Tipos de Tiques

Os tiques motores podem afetar qualquer parte do corpo, mas que muitas vezes envolvem os músculos da face, olhos, cabeça e pescoço. Estes movimentos podem ser:

  • Espasmos
  • Careteamento
  • Piscar os olhos
  • Repuxar da cabeça
  • Encolher de ombros

Tiques vocais incluem:

  • Tosse
  • Grunhindo
  • Pigarrear
  • Fungar de nariz
  • Estalar a língua

Algumas pessoas com tiques podem ser capazes de suprimir (controlar) um tique nervoso durante um curto período de tempo. Sentem tensão crescente até o tique ser finalmente libertado. Os tiques motores ou vocais podem ser complexos.

Os tiques complexos são:

  1. Motores – pular, tocar as pessoas ou coisas, cheirar e retorcer-se
  2. Vocais – palavras ou frases fora do contexto; ecolalia (repetição de um som, palavra ou frase); coprolalia (dizer palavras de baixo calão, insultos, obscenidades). 

 

Causas dos Tiques Nervosos

A causa  exata dos Tiques nem sempre são identificáveis. Ocorrem normalmente em famílias com vários membros afetados. Origem genética pode ser causa de Tiques. Outros fatores desencadeantes são: uso indevido de drogas ou medicamentos. Também algumas doenças podem causar tiques: Huntington, Wilson, Paralisia Cerebral

 

Diagnóstico

O Neurologista é o especialista médico indicado em sua detecção. O diagnóstico terá como base o histórico médico, sinais e sintomas do paciente.

Exames de Laboratório e Neuroimagem ajudam no Diagnóstico Diferencial da Doença.

 

Tratamento

O tratamento depende da gravidade dos tiques. Medicamentos como  neurolépticos, Depletores de Dopamina, benzodiazepínicos, alfa adrenérgicos são frequentemente utilizados.

Terapia comportamental -cognitiva  é importante na complementação do Tratamento.  O uso de toxina botulínica  pode se fazer necessário para diminuição dos movimentos involuntários e da dor. O NA é precursor no uso da Terapia com Toxina Botulínica para Tiques.

Fale Conosco

(61)3242-3060 | (61)3244-5452

(61)98229-3818 | (61)3443-1866

na.neurociencia@gmail.com

SEPS 709/909 Bloco A Sala 226

Centro Médico Júlio Adnet

Marque sua Consulta